Sexta-feira, 13 de Agosto de 2010

Se de amor te falasse…

Pintura de Alaya Gadeh



Acordei
de madrugada
sentindo
tua boca
na minha pele
ávida
de ternuras
e desejos.

Meu corpo
abre-se
como um lírio
banhado
p’los primeiros
raios da manhã.

Quentes
teus lábios
saciam a fome
no toque
envolvente
das línguas
que se cumprem
no sonho ansioso
da mente.

Com fervor
falei-te de Amor.




tags:
publicado por Menina Marota às 03:24
| comentar | Acompanhe-me
|
:
De Tretas a 9 de Setembro de 2010 às 16:04

Olá ,---Menina

Poizé, mais um espaço lindo,fantático ., fico feliz por isto.


Beijinhos

Tretas
De Menina Marota a 10 de Setembro de 2010 às 21:57
Olá, Tretas.
Que bom teres vindo até aqui.
Gostei muito da tua visita.
Beijinho :-)

Comentar

Sensibilidades...

Regresso

uma parte de mim

Sentidos

Bom Dia!

Sereinement...

Voláteis gaivotas

A hora do encanto...

Ouro negro

Amanheço-me

Poema sem nome

Pés na Areia

Reciclagem

Fragile

Sons diáfanos...

O vento da utopia

Momentos meus...

Rota da vida

Vida

O vento e o tempo.

Talvez

Bom Dia!

Sons do vento

Dizem

Olhos de Vida

Sentires

Oceano dos sentidos

Dádivas de amor

Sentires...

Da minha janela

Bom dia...

Almas Pretéritas

A minha alma anda aqui...