Quarta-feira, 18 de Agosto de 2010

Acordar

(Imagem de autor desconhecido)

 

 

 

 Acordaste-me

na sombria madrugada

em que meu coração

padecia.

 

Caminhei para ti

sonâmbula de sombras

pisando serenamente

cada lágrima

que do meu rosto corria.

 

E o meu olhar

fundiu-se num sorriso

olhando o mar

que calmamente saía

dos teus olhos

sorrindo para

mim.

 

 

 

(Originalmente escrito no FB)

tags:
publicado por Menina Marota às 17:15
| comentar | Acompanhe-me
|

Sensibilidades...

Regresso

uma parte de mim

Sentidos

Bom Dia!

Sereinement...

Voláteis gaivotas

A hora do encanto...

Ouro negro

Amanheço-me

Poema sem nome

Pés na Areia

Reciclagem

Fragile

Sons diáfanos...

O vento da utopia

Momentos meus...

Rota da vida

Vida

O vento e o tempo.

Talvez

Bom Dia!

Sons do vento

Dizem

Olhos de Vida

Sentires

Oceano dos sentidos

Dádivas de amor

Sentires...

Da minha janela

Bom dia...

Almas Pretéritas

A minha alma anda aqui...