Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alma Minha...

Alma Minha...

19
Ago10

Figuração de um sonho

Renso Castaneda Zevallos

 

 

No deslumbre do amor,
vida, corpo, voz,
algodão doce, no céu azul,
que se descobre pela manhã
incutido no mesmo espelho e
esculpidos no espírito
(cumplicidade da memória)
das almas que se tocam
bravias, sedentas, arrojadas,
por entre o cheiro da terra molhada.


Dentro da imaginação
não existem rituais,
mas ondas invisíveis
movendo portas e janelas,
sopradas nos dias de calmia,
gravadas, palavra a palavra,
na areia da vida, voando,
sem asas, através dos ventos,
como barcos que velejam ao sabor
de cada corrente


Beijar e dormir na tua pele nua
no abraço que me fez tua,
figuração fervente de um sonho
que permanecerá na minha mente.

 

 

 

Pintura de Renso Castaneda

 

(11.Março.2009)