Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alma Minha...

Arquivo de sonhos e memórias.

Alma Minha...

Arquivo de sonhos e memórias.

04
Abr12

Olhos de Vida

Poema Otília Martel (Menina Marota), pintura de autor desconhecidoGuido Borelli

  Pintura de Guido Borelli

 
Vagueio num campo de flores azuis
enquanto aguardo o sono chegar
embalada na estrela que quero admirar.


Esta noite
voltei a ser a rapariga
que foge dos sonhos,
olhando os olhos da Vida,
mas que apesar de tudo
por ela quer ser seduzida
e deixar-se embalar.


Meu corpo de fogo
embala-se nas palavras de gelo
que lhe são sussurradas
e espanta-se
mais uma vez
por sucumbir a um dever
a que não estava destinada.



Boa Noite...