Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alma Minha...

Arquivo de sonhos e memórias.

Alma Minha...

Arquivo de sonhos e memórias.

22
Nov17

No murmúrio do vento

Voltei do passeio habitual.
Cheiro a chuva, que ainda não cai, no vento que sopra no meu rosto. Gosto dos dias assim.
No ar, sinto o cheiro de uma qualquer lareira já acesa. Recordo os meus dias juvenis de calor abrasador, de alma desconhecendo as agruras de tempos infindáveis.
Com muito vento e chuva dias e dias se passaram retendo em mim a pureza dos tempos e das gentes que por mim cruzaram. Recordei esses dias e com eles no olhar caminhei na areia húmida da minha praia preferida.

Bom dia! 🌻

Angie Farr

 


No murmúrio do vento
nas folhas que vão caindo,
sinto a brisa no olhar dos pássaros
que, por entre a claridade do dia,
vão passando.
No murmúrio do vento
recordo a infância
pássaro de asas abertas sorrindo
ao tempo nas vagas do oceano.
No murmúrio do vento
sou ar vento mar quebrando as vagas
nas areias adormecidas do teu olhar.


Art: Angie Farr